A Influência das Redes Sociais No Sucesso dos Micro/Pequenos Negócios

Não vale a pena negar que as Redes Sociais têm cada vez mais  influência no sucesso de um negócio ou marca, seja qual for o seu tamanho. E se o negócio for direccionado para o consumidor final, esta influência é ainda maior.

A verdade é que TODOS somos consumidores de Redes Sociais e a importância que estas têm nas nossas escolhas é cada vez mais notória. Quem nunca comprou um artigo, foi a um restaurante, viu um espectáculo, visitou um site/blogue ou ainda concorreu a um qualquer passatempo depois de ter visto uma publicação (seja da marca ou partilha de um amigo) no Facebook, Instagram, LinkedIn ou outra Rede Social?

Pois, é disto mesmo que falamos. E se é tão fácil sermos influenciados pelas Redes Sociais nas nossas escolhas, porque não usar as Redes Sociais no nosso próprio negócio?

Mas apesar de esta ferramenta estar disponível para uso de todos os negócios, ainda existem várias ideias erradas sobre o aproveitamento que Micro/Pequenos Negócios Locais podem fazer das várias Redes Sociais em prol do seu sucesso empresarial:

1 – COMUNICAÇÃO NAS REDES SOCIAIS É SÓ PARA GRANDES MARCAS

Errado. A beleza de se usar as Redes Sociais quando se é um Micro/Pequenos Empresário, é que se tem acesso às mesmas ferramentas e oportunidades que qualquer grande empresa tem. Pode-se ter um orçamento menor, mas as ferramentas e o acesso a elas é exactamente igual.
As Redes Sociais podem (e devem) ser usadas como uma outra forma de nos aproximarmos do nosso público-alvo, seja como uma plataforma de divulgação e lançamento de produtos/serviços, como um modo de interacção com a comunidade onde se está inserido, como um local de partilha de informação e esclarecimento de dúvidas ou questões ou como um instrumento de apoio ao cliente.
E as experiências vindas da Gestão de Páginas de Redes Sociais dos nossos clientes (pequenos negócios locais), diz isso mesmo: há um aumento efectivo tanto nos resultados das vendas como no número de clientes alcançado e estes resultados acabam por ser melhores e mais imediatos do que qualquer outro tipo de Acção de Comunicação mais tradicional. E porquê?
Porque a proximidade local aumenta ainda mais. Entramos directamente na casa, local de trabalho ou lazer de cada pessoa.

Basta usar estas ferramentas da forma mais correcta.

2 – AS REDES SOCIAIS SÃO PARA PASSAR TEMPO E RELAXAR NAS HORAS VAGAS.

Aqui é um grande NÃO!
Se formos um Micro/Pequenos Empresário e não considerarmos o uso das nossas Redes Sociais pessoais como instrumento de trabalho para fazer aumentar o nosso negócio e conseguir uma maior notoriedade a nível de competência profissional, estamos a deixar passar uma oportunidade fantástica (e gratuita) de ter sucesso.
Todos os empreendedores sabem que qualquer oportunidade é boa para se fazer negócio. Então porquê perder esta?
Nos nossos Workshops de Redes Sociais para Negócios, ajudamos os empresários a utilizar estas ferramentas da forma mais eficaz.
A verdade é que a nível local, não basta ter uma página de Facebook activa da nossa empresa ou marca. Há que também trabalhá-la através do nosso perfil pessoal, seja a nível da partilha de publicações, interacção das nossas conexões com o nosso negócio, partilha e divulgação em grupos e comunidades específicas e outras acções que permitam aumentar o alcance da nossa página, aproveitando a existência dessa ligação já familiar.

3 – AS REDES SOCIAIS SÓ INFLUENCIAM MILLENNIALS

Esta é mais uma ideia errada que muitos empresários ainda têm, principalmente quando falamos de Micro/Pequenos Negócios Locais. Neste momento, a grande maioria das pessoas, de todas as idades, condições sociais, tipos de rendimento e escolaridade, são utilizadores assíduos de Redes Sociais: o Facebook continuando a liderar o top de utilizadores, o Instagram mais usado pela faixa entre os 25 e 35 anos e Snapchat mais popular entre os mais jovens (com um aumento também da utilização do Twitter por parte das camadas etárias abaixo dos 25 anos).
Sim, poderá haver alguma maior apetência das gerações desde a millennium para baixo em utilizar as Redes Sociais como veiculo de comunicação a nível social. Mas o que se nota cada vez mais no consumo das faixas etárias mais velhas, é que este é muito influenciado por aquilo é publicado nas Redes Sociais, seja por partilha de amigos ou por publicações nas páginas de empresas ou marcas.
Como cada vez mais pessoas, de todas as idades, vivem a sua vida social nos ecrãs dos tablets, smartphones e PC’s, porquê deixar escapar esta oportunidade de interagir directamente com elas e trazê-las como clientes para o próprio negócio?

E se ainda acha que as Redes Sociais não são um veiculo de excelência para promover o seu negócio, pense novamente e contacte-nos ainda hoje. Iremos ajudar a levar o seu negócio ao maior número de potenciais clientes possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *